Prefeito e presidente da Câmara se reúnem com diretoria da OAB

Crédito: Assessoria de Imprensa Prefeitura de Salto
O Prefeito Geraldo Garcia e o Secretário de Negócios Jurídicos, Dr. Tiago Renzo, receberam a diretoria da 157a Subsecção de Salto da OAB/SP, nesta terça-feira (17). A reunião contou ainda com a presença do presidente da Câmara, Luiz Carlos Batista. Geraldo apontou a importância destes profissionais e que pretende realizar parcerias com a instituição para buscar ações positivas para Salto. Uma das iniciativas seria retomar a busca por recursos e parcerias com outras esferas para viabilizar a construção de novas sedes para o Fórum, a Câmara Municipal e a Prefeitura.
Os problemas das finanças do município, devido as dívidas deixadas pela administração anterior, foram citados pelo Prefeito logo no início da conversa. Segundo Geraldo, a cidade precisa que os três poderes – Executivo, Legislativo e Judiciário – estejam unidos para ter mais força e encontrar soluções para problemas comuns.
O encontro foi elogiado pelo presidente da OAB, Dr. Paulo Miranda, que ressaltou estar à disposição do poder público para medidas de âmbito social como orientações para a população, além da realização de palestras e outras parcerias. Miranda citou ainda a possibilidade de que os três poderes se unam para buscar em São Paulo uma saída para a construção de novas sedes para o Fórum, a Câmara e a Prefeitura, algo que foi deixado de lado nos últimos anos.
Geraldo aproveitou para mostrar o mapa da cidade e de como o Central Parque foi projetado para ser o novo Centro de Salto, onde seria instalada a Praça dos Três Poderes. “Temos experiência acumulada e, se houver sinergia entre os três poderes, vamos encontrar a solução”, destacou o chefe do Executivo.
O presidente da Câmara, Luiz Carlos Batista, colocou o Legislativo à disposição da OAB. “A Câmara do jeito que está, não dá”, apontou. “E o Fórum também não”, acrescentou o presidente da OAB.
O Prefeito afirmou que é necessária uma reunião com os juízes que atuam em Salto para tratar deste assunto nos próximos dias. Geraldo ainda pediu o apoio do Legislativo e da OAB, uma vez que a Prefeitura deverá tomar medidas importantes de redução de gastos. “Vou precisar adotar algumas medidas, porque a dívida é grande e alarmante”, concluiu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário