Prefeitura de Salto amplia postos de recebimento do IPTU 2017

Crédito: Assessoria de Imprensa Prefeitura de Salto
A Prefeitura de Salto, por intermédio da Secretaria de Finanças, está empenhada na ampliação dos postos de recebimento do IPTU 2017. O contribuinte cujo tributo é superior a R$ 2 mil deve procurar a agência da Caixa Econômica Federal, no Centro de Salto, para pagar somente em dinheiro. Para valores inferiores, segue a alternativa das casas lotéricas e dos Correios. Nesta semana, para amenizar os problemas enfrentados pela população no pagamento do IPTU, a Prefeitura de Salto anunciou também a prorrogação do pagamento da parcela cota única, com desconto de 15%, para o dia 10 de fevereiro. As informações foram dadas em coletiva de imprensa, realizada na quinta-feira (2), no Atende Fácil.
Os contribuintes que possuem conta corrente nos dois bancos federais, no Itaú e no Santander, por sua vez, podem pagar via internet banking ou nos caixas eletrônicos. A Secretária de Finanças, Janaína Bassetti, lembra que o credenciamento dos bancos para recebimento dos boletos do IPTU foi realizado por meio de licitação em outubro do ano passado. Porém, as instituições tiveram apenas 24 horas para se cadastrar e agências como Bradesco não conseguiram cumprir o prazo dado pela administração do município à época, prejudicando grande parte da população atendida por este banco. Diante disso, ela procurou a Caixa Econômica e conseguiu uma parceria para que a instituição receba o tributo também de não-correntistas.
“O credenciamento feito no ano passado, na verdade, não teve fiscalização, pois não foram impostas regras e os critérios estabelecidos foram colocados apenas pelos bancos, que priorizaram apenas os seus correntistas e ainda por meios eletrônicos”, destaca a secretária. Somente Caixa e BB disponibilizaram seus correspondentes bancários, mas com valores limitados. “O Bradesco, que possui grande número de correntistas em Salto, ficou de fora”, acrescenta.
“Só tenho uma coisa a dizer sobre esse caso: ou houve excesso de incompetência ou foi excesso de maldade”, lamenta a secretária, acrescentando que a Prefeitura e toda a cidade acabam sofrendo com isso.
Queda na arrecadação
Os problemas que a população está enfrentando para pagar o IPTU já refletiram em uma queda superior a R$ 3 milhões na arrecadação do município. O transtorno sentido pelos contribuintes também é sentido pela Prefeitura, ressalta a secretária. Essa queda na arrecadação prejudica os serviços oferecidos à população. “Prejudica a população, porque, por exemplo, 25% desse dinheiro vai para a educação e 15% para a saúde”, comenta Janaína.
Nova gerência
Em decorrências dos problemas no atendimento feito no Atende Fácil, a Prefeitura de Salto nomeou novos responsáveis por aquele espaço. A partir desta semana, o local será dirigido por Edson Roberto de Macena, que vem da iniciativa privada para dar maior dinâmica e eficiência ao atendimento.
Outra nomeação foi o da nova diretora do setor de Tributação, vinculado à Secretaria de Finanças. Assume o posto Leonice Sousa, funcionária de carreira da Prefeitura, assim como a secretária de Finanças, Janaína Bassetti. Leonice já atuou nos setores de compras e finanças e está na administração há 19 anos.
-- 

Nenhum comentário:

Postar um comentário