A cor da periferia: Ateliê promove passeio em comunidade da Zona Leste de SP

Praça Dona Neuza, localizada na Vila Santa Inês (revitalizada pelo Ateliê Azu)
Crédito: Divulgação
Passeio na Comunidade Santa Inês tem o objetivo de apresentar as criações do ateliê para os turistas.

O artista plástico Elcio Torres e seu sócio Leandro Araujo, abrem as portas do Ateliê Azu, localizado na Comunidade Santa Inês, aos turistas, para mostrar as intervenções urbanas que foram feitas dentro e fora da comunidade.
O ponto de encontro é basicamente a primeira amostra do que os visitantes irão ver no decorrer do dia. As pessoas devem se reunir na escadaria de azulejos entre as ruas Patápio Silva e Medeiros de Albuquerque na Vila Madalena, local que foi revitalizado pelo Ateliê Azu.
A equipe do Ateliê Azu busca os turistas na Vila Madalena e assim começa o dia da apreciação das criações do ateliê.
O intuito é apresentar não apenas suas obras, mas a história da comunidade e do Ateliê Azu, por meio da cerâmica artesanal que tem sido responsável por colorir os espaços públicos.
O trajeto do dia inclui ainda o grande painel de 107M² do Passadouro Miguel Bonpan, no centro de Ermelino Matarazzo, caminhar pela Vila Santa Inês pra ver as obras que foram feitas nas ruas e praças, e uma oficina de cerâmica artesanal no Ateliê Azu, ministrada pelos artesãos Elcio e Leandro.
Cada pessoa terá o seu momento criativo e poderá pintar um azulejo que será levado como lembrança ao final do passeio.
O lado colorido da cidade - um passeio no Ateliê Azu e na Comunidade Santa Inês.
Os encontros acontecem aos sábados e no pacote está incluso o transporte, oficina, queima do forno para as peças criadas pelos visitantes, guia da Vila Santa Inês e um delicioso café com pão de queijo caseiro.

Ateliê Azu

O artista plástico Elcio Torres carrega dentro de si o apreço pela inovação. Deu o primeiro passo quando criou o Ateliê Azu, dentro da comunidade Santa Inês, em Ermelino Matarazzo, junto com o artesão Leandro Araújo.
O Ateliê Azu tem conquistado o seu espaço dentro e fora da comunidade. As pessoas podem ver algumas de suas obras no Parque Domingos, próximo ao Sesc Santana, no Senac Taboão da Serra ou na estação da CPTM Comendador Ermelino, além das revitalizações realizadas dentro da Comunidade Santa Inês.


Informações
Valor: R$160,00 (incluso transporte, café, oficina, queima do forno, guia da vila).
Telefone: (11) 2541-8538
Data: O 3° passeio do projeto será realizado dia 29/04/2017
Horário de saída: 12:00 horas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário