Circuito Sesc de Artes será realizado no Pavilhão neste fim de semana

Desvio
Crédito: Assessoria de imprensa da Prefeitura de Salto
O Pavilhão das Artes, em Salto, receberá pela primeira vez a programação do Circuito Sesc de Artes, neste sábado (13). Ao todo, o circuito passará por 118 cidades, levando espetáculos artísticos, oficinas e intervenções culturais. O evento é uma parceria entre a Prefeitura de Salto, por meio da Secretaria da Cultura, e o Sesc Jundiaí. Dentre as atrações, está a dupla Caju e Castanha.
O Circuito Sesc Artes será realizado das 16h às 21h30 e todas as atrações são gratuitas e livres para todos os públicos. A programação deverá contar com diversas atrações nos mais variados campos das artes, como dança, circo, música, teatro e artes visuais; assim como a exibição de curtas-metragens dirigidos e protagonizados pelo cineasta e ator inglês Charles Chaplin, criador do personagem Carlitos; e o Gabinete de Curiosidades e Habilidades, que tem a programação inspirada pelos “traveling shows”, antigos carros itinerantes que iam de cidade em cidade apresentando toda sorte de atrações artísticas e curiosidades.
O objetivo do Sesc com este projeto é colaborar com o acesso do público às diversas atividades culturais, com o intuito de inspirar os diversos usos dos espaços públicos - lugares de convivência, encontro e democratização do acesso à cultura e artes em geral.

Programação

ARTES VISUAIS
Manivela: Laboratório Interativo de Traquitanas, Engenhocas e Outros Inventos. Glauco Paiva (SP).
Nesta exploração interativa, artista e público montam juntos esculturas tecnológicas com engrenagens e motores. Dois animatrônicos feitos pelo artista interagem com o público, produzindo movimentos e sons a partir de sensores. 
LITERATURA
Palavra + Imagem. Instituto Clio (SP).
Acervo de livros ilustrados será oferecido por dupla de mediadores de leituras individuais e compartilhadas. 
Poetas Ambulantes (SP) 
Munidos de megafones e declamando poesia, os poetas seguem declamando letras de músicas, poemas autorais e de autores consagrados como Mario Quintana, Alice Ruiz, Sérgio Vaz, Clarice Lispector, Vinicius de Moraes e Raul Seixas, entre outros.
CIRCO
O Ritual das Esferas. Jorge Ribeiro e Zuza (SP).
Em uma performance que remete a uma experiência mística, o didgeridoo, instrumento de sopro originário dos aborígenes australianos, acompanha a coreografia de esferas de acrílico nas mãos do malabarista. A complexidade dos movimentos e do ritmo aumenta progressivamente, hipnotizando o público.
DANÇA
Desvio. Muovere Cia. de Dança Contemporânea (RS).
Em um jogo animado pela improvisação, bailarinos transitam a faixa de retenção de um semáforo assim que a luz amarela muda para o vermelho e, respondendo a tarefas propostas por um colega, desenvolvem passos de dança neste espaço urbano de passagem. 
MÚSICA
Caju e Castanha (PE) 
A embolada, gênero nordestino em que uma dupla improvisa versos satíricos ao ritmo do pandeiro, é a especialidade de Caju e Castanha. Eclética, a dupla pernambucana inova ao unir a autêntica cultura popular nordestina a outras vertentes da música, como rock, brega e música eletrônica. 
TEATRO
QFC – Batalhas Improvisadas. Cia. do Quintal (SP).
Um misto de luta livre, telecatch, UFC e muita improvisação. Trata-se do novo formato de campeonato dos criadores de “Jogando no Quintal”. Os palhaços sobem ao ringue para se enfrentar em batalhas de improvisação. A banda compõe a trilha na hora e os palhaços capricham no figurino.

Nenhum comentário:

Postar um comentário