Jovem escritor lança livro que fala de sonhos fruto do sucesso de projeto beneficente

Vitor Rocha
Crédito: Divulgação
Vitor Rocha é ator, escritor e diretor. Conta com cerca de 15 espetáculos no currículo, quatro assinaturas de roteiros teatrais já encenados e dois livros publicados, “O Mágico de Ó”, publicado em 2015, e “Casusbelli”, livro infanto-juvenil que será publicado no final deste mês.

Iniciou sua carreira no teatro como ator, ainda criança aos 9 anos de idade, no musical “Romão & Julinha” pela Cia Amistad & Alegria, atuou também, nos espetáculos “Os Saltimbancos”, “Desventuras em Série”, “Os Revoltados” e na adaptação de sua autoria do clássico “Dom Casmurro”.

Apaixonado pelo teatro e pela arte estudou canto e dublagem no Centro Musical Avenida (CEMA), e alguns anos depois, aos 13 anos iniciou os estudos em teatro no Teatro Escola Macunaíma, onde foi o segundo ator formado pela escola.

No Teatro Escola Macunaíma atuou nos espetáculos “Sonho de Uma Noite de Verão”, “Marat/Sade”, “Assim Que Passem Cinco Anos”, “O Inspetor Geral”, “Joanas" e “Comitiva Esperança”, sendo este último um musical de sua autoria dirigido por Wanderley Martins.

Em 2013 fundou a Academia Jacutinguense de Letras, e também, o Grupo Infantil de Teatro - “Pardalzinho", onde dirigiu seus textos inéditos, “O Mágico Di Ó”, que mais tarde veio a ser publicado como livro infantil, e “Romeu & Julieta & Rosalina”. Seu último trabalho como autor/diretor foi o espetáculo “O Meu Coração de Giz e a Rainha Maria Beatriz”, apresentado pelos alunos do Colégio Aplicativo de Jacutinga.

Aos 19 anos, Vitor, coleciona vários prêmios de “Melhor Ator”, ao todo são quatro prêmios conquistados no Festival Estudantil de Teatro de Jacutinga (FESTEJAC).

Atualmente, Vitor, dirige o grupo de teatro do Colégio Aplicativo, e está próximo de lançar o seu segundo livro infanto-juvenil, “Casusbelli”, que conta a história de um circo. O livro será lançado fruto do sucesso do projeto beneficente desenvolvido por ele e mais três amigos, pelo site de crowdfunding Catarse, no qual foi arrecadada uma quantia de $23 mil reais, destinados a compra de material escolar para crianças em situação de vulnerabilidade social.

Para Vitor Rocha o financiamento do projeto representa muito mais do que a felicidade de publicar mais um livro e ajudar as crianças, mas sim que podemos acreditar em um futuro melhor e que nunca é cedo para começar a realizar os sonhos. “Casusbelli ter dado certo representa para mim a esperança no nosso futuro e nos jovens. Quando um jovem como eu, se une a grandes amigos para criar um projeto, envolvendo literatura e solidariedade nos dias de hoje e cerca de 200 pessoas apostam nesse sonho é a prova de que nunca é cedo demais”.

O livro “Casusbelli” será lançado durante uma leitura musical aberta ao público, e terá em seu elenco grandes nomes de artistas do teatro musical, além de uma exposição inédita dos desenhos originais do livro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário