Maio Fotografia no MIS traz programação paralela nas próximas semanas

Revista Camera
Crédito: Cinthia Bueno
Cursos, palestras com fotógrafos e curadores, Foto Feira Cavalete e lançamento da série de livros Foto-MIS estão entre as atrações

Anualmente o MIS – instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo – dedica um espaço em sua programação à fotografia. O Maio Fotografia no MIS 2017 traz, além de sete exposições, uma série de eventos ligados ao tema como cursos, lançamentos de livros e palestras e mesas redondas com fotógrafos, especialistas e curadores. Nesta edição, a programação começa no domingo, 30 de abril, e vai até o dia 13 de maio. Todas as atividades são gratuitas e é necessário retirar senha quando realizadas no Auditório MIS, Auditório LABMIS e Sala de Interfaces.  Confira abaixo todas as atividades.


CICLO DE CONVERSAS
3 de maio, quarta
19h30 :: Conversa sobre a exposição Revista Camera – A fotografia dos séculos XIX e XX com Wulf Rössler (detentor do acervo de Allan Porter e importante psiquiatra), Patricia Lira (supervisora do CEMIS ), Armando Prado (fotógrafo) e Camille Chianca. 
Local: Auditório MIS

4 de maio, quinta
19h30 :: Conversa sobre a exposição Farida, um Conto Sírio com o fotógrafo Mauricio Lima, integrantes da família Majid, fotografada por Mauricio durante a migração da Síria para a Suécia, Anemona Hartocollis, jornalista do The New York Times e Maria Laura Canineu, diretora da Humans Right Watch no Brasil, com mediação da professora e crítica de fotografia Simonetta Persichetti.
Local: Auditório MIS

5 de maio, sexta
19h30 :: 10FOT10MIN A cada 10 minutos um fotógrafo convidado sobe no palco do auditório do MIS para apresentar um trabalho. Essa é a dinâmica do 10FOT10MIN, um evento que apresenta 10 ensaios que são um recorte atual da fotografia documental brasileira.
Local: Auditório MIS

LANÇAMENTOS 
6 de maio, sábado
15h :: Lançamento do fotolivro Marrocos
,  Gringo Coletivo, resultado de uma imersão fotográfica dentro de uma das maiores ocupações sem-teto de São Paulo, um registro documental das consequências das crises urbana, habitacional e migratória pela qual passa a maior cidade da América Latina. Durante o ano de 2016, o Gringo Coletivo, formado pelos fotógrafos Gabi Di Bella e Gui Christ, testemunhou a disputa entre a proprietária do imóvel, os moradores e a polícia. O projeto foi um dos vencedores do Prêmio DOC Fotolivro, concorrendo com outros 107 ensaios.

12 de maio, sexta-feira
19h :: Lançamento da coleção Foto-MIS
, série de livros que mostra a riqueza e a diversidade do acervo fotográfico do Museu da Imagem e do Som, produzidos em parceria com a SESI-SP editora. Cada livro aborda os aspectos mais importantes de cada coleção, por meio de uma seleção de fotografias ‒ muitas delas inéditas ‒, além de textos que as contextualizam (alguns deles com caráter histórico, outros literários). Alex Vallauri, Memória Paulistana, Lambe-lambe e Estrada de Ferro Madeira-Mamoré são as coleções abordadas nos quatro primeiros volumes.

FOTO FEIRA CAVALETE
6 de maio, sábado, das 12h – 20h e 7 de maio, domingo das 11h às 19h
O MIS recebe outra edição da Foto Feira Cavalete, evento para amantes da fotografia, que reúne fotógrafos, galerias, editoras, selos independentes, artistas visuais e produtores. O objetivo é oferecer todo e qualquer objeto fotográfico: impressões, publicações, fotolivros, fotozines, livros de artistas, caixas de fotografias, fotos soltas e também roupas e serviços como impressão fine art, conservação de arquivos etc. 
Local: área externa
#FLAMOB TALKS
A mObgraphia Cultura Visual traz uma série de eventos que acontecem nos dias 12 e 13 de maio.

● 12 de maio, sexta
14h :: Oficina Cecília São Thiago
Local: Sala de interfaces
 17h :: Coletivos mobgráphicos + Projeção Tumobgrafia 125 anos do Porto de Santos 
Mesa redonda com a presença de coletivos de mobgrafia e de fotografia que também se utlizam de smartphones em suas atividades. Depoimentos de membros do Hikari Creative, Everyday Latin America e presença da Tumobgrafia, 404 e coletivo Rolê (a confirmar).
+ Projeção Tumobgrafia 125 anos do Porto de Santos (com a presença do presidente da CODESP, empresa que administra os portos no país).
Local: Auditório LABMIS

19h :: Ver, pensar e decidir: um processo criativo
Os autores Márcio Vasconcelos (fotógrafo) e Diógenes Moura (curador) encontrarão o público para uma conversa sobre todo o processo que culminou ​com ​o livro e a​ exposição Visões de um poema sujo, baseado na obra de Ferreira Gullar.
Local: Auditório MIS

● 13 de maio, sábado

14h :: Tecnologia, comunicação, arte e cultura
Carlos Piazza, Leo Saldanha, Flavio Samelo, Instagram (a confirmar) e mObgraphia conversam sobre tendências e novidades no mundo da produção de imagem mobile (video e foto).
Local: Auditório LABMIS

16h :: Superação 2020, o projeto continua
Reuniremos o time que fez parte do inédito #superação2016 para mostrar o trabalho produzido ano passado e debater como o projeto seguirá rumo a Tokio, como parte de uma parceria com empresas e órgãos públicos, que se somam à Iniciativa mObgraphia, nosso projeto de inclusão social e digital. Local: Auditório LABMIS

19h30 :: Conversa sobre a exposição Avessos e paradigmas com o curador Fausto Chermont e os fotógrafos German Lorca, Nair Benedicto, Penna Prearo e Maureen Bisilliat
Local: Auditório MIS


CURSOS DE FOTOGRAFIA
O MIS está com inscrições abertas para quatro cursos de fotografia: Fotografia de paisagens (16 a 25 de maio); Fotografia contemporânea (15 a 31 de maio), Fotografia Criativa e Projetos Autorais (1º a 29 de junho) e Introdução à fotografia como arte - Módulo II (6 a 27 de junho). Nos dois primeiros cursos os alunos ganham um ingresso gratuito e participam de uma visita guiada pelo professor à exposição Maio Fotografia no MIS 2017.

Maio Fotografia no MIS 2017
Anualmente, o MIS dedica um espaço na agenda de programação para mostras exclusivamente de fotografias com obras de artistas nacionais e internacionais. Este ano são apresentadas sete exposições. Revista Camera  A fotografia dos séculos XIX e XX traz uma seleção de imagens da coleção que Allan Porter foi construindo durante os anos em que esteve à frente da cultuada revista Camera (1966-1981), cultuada revista de fotografia. Farida, um Conto Sírio apresenta o trabalho inédito do brasileiro Mauricio Lima, que acompanhou durante seis meses o fluxo migratório de refugiados do Oriente Médio à Europa, tornando-se com este ensaio o único brasileiro a receber o Prêmio Pulitzer.
A mObgraphia Cultura Visual integra a programação do Maio Fotografia no MIS e traz três exposições: Avessos e paradigmas apresenta obras dos veteranos German Lorca, Maureen Bisiliat, Nair Benedicto e Penna Prearo fotografando pela primeira vez com celularo coletivo internacional Hikari Creative, formado por premiados fotógrafos internacionais, integra a mostra com suas produções com smartphones com a exposição A arte da observação urbana e o Festival Latino-Americano de Mobgrafias (FLAMOB) apresenta as fotografias premiadas em seis categorias.
Maio Fotografia ainda traz a mostra Passagens da inocência de Giullia Paulinelli, uma das artistas selecionadas pelo programa Nova Fotografia 2017. Completa a programação uma curadoria especial com acervo do próprio museu, intitulada Caçador e construtor, que tem entre seus destaques obras de Cristiano Mascaro, Arnaldo Pappalardo, Fernando Natalici e Gal Oppido.

Sobre o Maio Fotografia no MIS
Criado em 2012, o projeto Maio Fotografia no MIS dedica cerca de dois meses por ano à fotografia, com todos os espaços do Museu tomados por exposições, seminários e oficinas. Em suas cinco edições figuraram importantes artistas, nacionais e internacionais, como André Kertész, Andy Warhol, Carlos Eber, Chico Albuquerque Claudio Edinger, Gregory Crewdson, Josef Koudelka, Martin Parr, Valdir Cruz, Vivian Maier e Willy Ronnis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário