Plataforma reunirá todas as vagas de empregos disponíveis na internet

Crédito: Gramado Summit
Startup participante da Gramado Summit, a Jober, reúne todos os empregos disponíveis na internet em única plataforma

O desemprego é uma realidade no país. Os números apontam para mais de 10 milhões de desempregados só no Brasil. Uma parceria entre empreendedores gaúchos e cariocas pretende facilitar a vida dos usuários que usam a internet para buscar vagas de emprego.

O Jober, startup desenvolvida por uma dupla de gramadenses, juntamente com um carioca, será um sistema que oferecerá o maior aglomerado de oportunidades de trabalho disponíveis na internet em uma só plataforma. O formato é simples: um Google de empregos. O projeto será apresentado durante a Gramado Summit no mês de agosto.

O projeto nasceu da complexidade com que os sites de empregos trabalham no processo de pesquisa. Em meados de 2014, o sócio Tharso Ferreira morava na Europa. Após concluir Doutorado em Ciência da Computação, em Barcelona, estava mudando-se para a França, onde procurava um emprego. Por não falar francês, encontrou problemas na busca, apesar de boa formação. Enxergando no problema uma oportunidade, procurou o sócio Gregório Nardini, e posteriormente Jonathan Szablevski, para começar a projetar uma solução.

Foram desenvolvidos algoritmos autônomos que varrem a internet a procura de oportunidades, os catalogam, organizam e guardam. Dessa forma, o objetivo do Jober é agrupar todos, ou quase todos, os empregos anunciados na internet.

“Durante todo esse período de projeto, nossa equipe amadureceu muito. Eu, particularmente, tive a oportunidade de estudar em outros países, conhecer outras dezenas e trazer essa experiência para dentro do produto. Formamos primeiramente uma ideia sólida de produto, altamente escalável e com um mercado global. Afinal, do Brasil ao Japão, da África do Sul à Rússia, todos os lugares possuem duas coisas: pessoas procurando por emprego e empresas oferecendo empregos”, comenta o sócio Gregório Nardini, 22 anos.

O diferencial da plataforma é o fato de não necessitar que as empresas entrem no serviço e cadastrem uma vaga de emprego, o mesmo é buscado, formando assim uma base de dados com um elevado número de empregos. Somente na fase de testes, foram alcançados milhões de empregos ativos.

Atualmente em fase Alpha, o Jober estará na Gramado Summit em estágio Beta, oferecendo uma experiência completa para o usuário. O projeto é dos gramadenses Gregório Nardini e Jonathan Szablevski, ambos de 22 anos, e do carioca e morador de Paris, Tharso Ferreira, de 30 anos.

“Na Gramado Summit, temos a expectativa de lançar nosso produto publicamente, obtermos um feedback consistente a fim de melhorar o produto. Como já temos um produto, também consideramos a possibilidade de parcerias e investimentos, além de aumentar nossa rede de contatos para outros projetos que estamos trabalhando, como a Nthings. Queremos aproveitar para demonstrar como o nosso produto é inovador, escalável e totalmente global, ou seja, ele não está sendo feito para o mercado regional ou nacional. O Jober é feito para o mundo”, comentam os desenvolvedores.

PIONEIRISMO NA GRAMADO SUMMIT

Assim como outros cases, esta será a primeira participação do Jober em eventos. Mais de 80 startups, dos mais diversos segmentos, se reunirão na Gramado Summit, juntamente com um fundo de R$ 500 milhões para investimentos. O objetivo é colocar em evidência ideias promissoras que estarão frente a frente com investidores de todo o país.

Modelos de negócios promissores, conteúdo e grandes debates estarão em pauta entre os
dias 10, 11 e 12 de agosto, na Caza Wilfrido. Nomes reconhecidos no empreendedorismo
nacional fazem parte da grade de palestrantes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário