Inédito em São Paulo: Armandinho Macêdo e Hamilton de Holanda

Crédito: Divulgação

























Armandinho Macêdo - que iniciou sua carreira na banda "A Cor do Som" em 1977 e tornou-se referência tocando bandolim e guitarra baiana - e Hamilton de Holanda - reconhecido como um dos principais bandolinistas do mundo -  trazem um show inédito cheio de swing e brasilidade, com única apresentação no Teatro J. Safra, no dia 17 de junho.

A ideia deste espetáculo partiu do produtor de Hamilton, Marcos Portinari, e de João Falcão, filho e produtor de Armandinho, que juntos realizaram em janeiro de 2017 a gravação de um DVD inédito, que aconteceu em Imbassaí, litoral norte da Bahia, e que foi lançado no final de maio, em Salvador.

Os músicos estão preparados para surpreender o público paulistano, passeando por diversos gêneros tendo o bandolim de 10 cordas, emblemático instrumento brasileiro, como ponto em comum. O som de ícones como Pixinguinha, Jacob do Bandolim e Ernesto Nazareth, se misturam a Jimmy Hendrix e são aliados à velocidade de solos e improvisos, inspirando uma nova versão. Não importa se é jazz, samba, rock, pop, lundu ou choro, essa mistura já tem nome: Armandinho Macêdo e Hamilton de Holanda.

O repertório composto por esses dois gênios inclui clássicos do choro e da música brasileira, como "É Doce Morrer no Mar", "Samba da minha Terra" e "A Lenda do Abaete", conhecidas pela interpretação de Dorival Caymmi, e "Expresso 222", de Gilberto Gil, entre tantas outras.
Sobre os artistas:
Com mais de 50 anos de carreira, Armandinho Macêdo começou a tocar profissionalmente com 9 anos de idade no Trio Elétrico Mirim que seu pai, Osmar Macêdo, criador do Trio Elétrico juntamente com Dodô, fez especialmente para ele. De lá para cá não parou no tempo e, do choro ao rock, tornou-se referência tocando o bandolim e a guitarra baiana. Reconhecido mundialmente como um dos maiores instrumentistas da história, Armandinho comemorou, em maio de 2016,  seus 63 anos de vida na Virada Cultural de São Paulo, apresentando-se para mais de 30 mil pessoas.
Hamilton de Holanda começou a tocar aos 5 anos. Hoje, aos 40 anos, comemorou 35 anos de carreira profissional. Reconhecido na atualidade como um dos principais bandolinistas do mundo, já gravou diversos CDs e DVDs e dividiu o palco com grandes nomes da música brasileira como João Bosco, Chico Buarque, Dominguinhos, Milton Nascimento, Yamandu Costa, entre outros.

Ficha Técnica:
Músicos: Armandinho Macêdo e Hamilton de Holanda

SERVIÇO

Armandinho Macêdo e Hamilton de Holanda

Data: 17 de junho (sábado)
Horário: 21h30
Classificação: 14 anos
Duração: 90 minutos

Valores
Plateia Premium: R$100,00
Plateia Vip: R$80,00
Mezanino: R$60,00
Mezanino com visão parcial: R$50,00

Teatro J. Safra
Endereço: Rua Josef Kryss, 318 - Barra Funda - São Paulo - SP
Telefone: (11) 3611-3042
Abertura da Casa: 2 horas antes de cada horário de espetáculo, com serviço de lounge-bar no saguão do Teatro.
Capacidade da casa: 627 lugares
Acessibilidade para deficiente físico
Wi-fi

Estacionamento:
Valet Service (Estacionamento próprio do Teatro) - R$ 25,00
Horário de Funcionamento da bilheteria
Quartas e quintas – 14h às 21h
Sextas, Sábados e Domingos – 14h até o horário dos espetáculos
Aceita os cartões de crédito: Amex, Dinners, Elo, Mastercard, Visa e Hipercard.
Não aceita cheques.

SOBRE TEATRO J. SAFRA
Inaugurado em julho de 2014, o Teatro J. Safra, referência como casa de espetáculo no país, traz em sua programação uma grande variedade de estilos artísticos, como shows, peças, dança, circo, ópera, teatro infantil, humor, música erudita e recitais. Com curadoria do ator Mauricio Machado e do diretor Eduardo Figueiredo, o teatro prioriza o ineditismo dos espetáculos em São Paulo e traz para a cidade apresentações exclusivas com alta qualidade artística. Para acompanhar a programação, acessehttp://www.teatrojsafra.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário